• Celtech Engenharia

O que esperar do Windows Server 2022



Em agosto de 2021 a Microsoft apresentou um novo sistema operacional em 3 versões, Standard, Datacenter e Datacenter Azure Edition. Esteticamente o Windows Server 2022 não apresentou grandes mudanças. O visual, layout e ferramentas são muito parecidos com os seus antecessores - uma vantagem para quem já está familiarizado com as plataformas da família Server. As novidades ficaram por conta da segurança, convergência com Azure e virtualização. Segurança: Sem dúvida esse é o principal desafio da Microsoft. Em diversos momentos a credibilidade da empresa foi colocada em check por questões de segurança. No Windows Server 2022 a Microsoft incorporou o sistema multicamadas ou segurança a nível de hardware. Isso significa que o software conversa com o hardware e com o firmware e cria uma camada extra de segurança dificultando invasões no servidor físico ou virtual. A Celtech destaca nesta versão do sistema três novidades: HYPERVISOR-PROTECTED CODE INTEGRITY (HVCI) - Agora habilitado por padrão, o HVCI aplica segurança enraizada em hardware para evitar que malware invada ou adultere o sistema. CREDENTIAL GUARD - Esse recurso pode ser ativado como uma opção para fornecer defesa preventiva para ativos confidenciais como, usuário, senhas, criptografia. SEGURANÇA APRIMORADA NOS PROTOCOLOS WEB - A conectividade segura adiciona uma camada de proteção na navegação e ainda inclui melhorias nos protocolos HTTPS, TLS e na criptografia SMB. Convergência com Azure: Já falamos aqui sobre o sistema em nuvem e seus benefícios, porém a Microsoft deu um passo a mais: o novo sistema operacional para servidores oferece ferramentas que facilitam a conexão com Azure, também denominado sistema Híbrido. Com esse sistema é possível gerenciar diversos ambientes ou servidores a parir de um único console na nuvem, também é possível mesclar serviços on-premises (serviço local) com Azure, como, por exemplo, utilizar um disco remoto dentro do Windows Server 2022. Destacamos a compactação SMB, exclusiva do Windows Server 2022. A função é responsável por executar a compactação dinâmica dos dados à medida que são transferidos para nuvem. Arquivos compactados são mais leves, otimizando a largura de banda, o tempo e espaço nos discos em nuvem, reduzindo consideravelmente o investimento. Virtualização: O aprimoramento do serviço de virtualização também teve uma relevância significativa (além da segurança como falamos acima). O sistema de Contêiner foi atualizado e agora é compatível com diversos ambientes. As imagens das máquinas virtuais foram reduzidas, otimizando a migração entre servidores e o armazenamento do ambiente virtualizado. Destacamos duas novidades: SUPORTE A MEMÓRIA - Windows Server 2022 (Standard e Datacenter) oferece suporte a 48TB de memória, altamente otimizada para sistemas de grande porte. SUPORTE A PROCESSADORES AMD – Agora o Hyper-V oferece suporte aos processadores AMD EPYC e Ryzen no Windows Server 2022, totalmente funcional. Conte com a Celtech para entender quais sistemas operacionais podem performar melhor e entregar o resultado que sua empresa precisa. Somos licenciados, Adobe, Corel e Arcserve e estamos prontos para orientá-lo no que for preciso. Você pode contar com a qualidade e experiência Celtech. Há 12 anos entregando qualidade e confiabilidade da arquitetura ao software.

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo