• Celtech Engenharia

Velocidade de conectividade mais rápidas, latência ultrabaixa e maior largura de banda.


Entenda as vantagens que fazem do 5G uma banda tão surpreendente


De 10 em 10 anos a tecnologia parece dar um salto absurdo na sua linha evolutiva. A bola da vez é a chegada do 5G. Essa nova tecnologia está sendo muito anunciada e festejada, mas você sabe isso significa na prática? Pela nomenclatura você pode pensar que é apenas uma atualização do 4G. Mas a quinta geração de redes de dados representa um grande salto para o desenvolvimento de todas as áreas que conhecemos, e já já vamos te explicar porquê. A tecnologia 5G está criando oportunidades nunca vistas para pessoas e empresas, com uma velocidade até 200 vezes mais rápida que seu antecessor 4G.


O novo sinal funciona nas mesmas frequências de rádio que estão sendo usadas atualmente em redes Wi-Fi, porém permite que a tecnologia vá muito mais longe. Além de ser capaz de baixar um filme HD completo para o seu telefone em segundos (mesmo a partir de um local cheio de pessoas também utilizando a Internet). O 5G chegou para conectar coisas em qualquer lugar de forma confiável, sem atrasos, para que as pessoas possam medir, entender e gerenciar suas atividades em tempo real. Na prática é o fim do “baixando” e “carregando”.


O fim do 4G?

Não é possível informar com precisão, mas com o crescimento contínuo do tráfego de dados, há indicações de que 4G atingirá um limite de capacidade em poucos anos. A rede 4G, que opera em nosso país desde 2012, oferece uma taxa de transmissão que gira por volta de 45 Mbps. Já o 5G no Brasil promete operar a cerca de até 1.024 megabytes por segundo (Mbps), ou 1 gigabits por segundo.


A nova rede está sendo lançada mais rápido do que qualquer geração anterior de redes de dados. No final de 2020, havia implantações de 5G em 45 países. No Brasil a implantação começa ainda esse ano (2022) nas principais capitais.


Isso não quer dizer que o 4G vá deixar de existir. Porém à medida que o mundo começa a se adaptar a uma nova velocidade, é quase incoerente continuar acessando uma tecnologia ultrapassada. Há alguns anos, só conhecíamos a tecnologia 3G. Em pouco tempo, ela se tornou tão defasada que quando nosso aparelho celular só tem o sinal 3G dizemos estar “sem internet”. O mesmo acontecerá com o 4G em pouquíssimo tempo. Veja no gráfico abaixo a evolução da velocidade de transmissão de dados através do tempo.


Como se preparar para essa nova tecnologia?

Como o avanço do 5G, a Internet que chega em sua empresa também será afetada (para melhor) de forma drástica, com isso os equipamentos de firewall/gateway, switches, placas de rede de servidores, entre outros equipamentos, precisarão ser atualizados para aproveitar todo desempenho oferecido.


Naturalmente os sistemas operacionais, aplicativos, softwares de segurança, antivírus, streaming, jogos, sites – serão remodelados para também aproveitar ao máximo o que o 5G pode oferecer. Já na parte física da rede é importantíssimo começar a pensar na implantação de cabo de categoria 6A principalmente nos access points, servidores e workstations e categoria 6 para máquinas de uso administrativos, telefones e impressoras. Aquele nosso velho conhecido “Cat5E” não terá mais espaço nas empresas.


A Celtech Engenharia é especialista em cabeamento de dispositivos 10GB e parceira certificada das melhores marcas do mercado. Entre em contato conosco e entenda como melhorar o desempenho da sua arquitetura para adaptar-se a chegada do 5G com o melhor custo benefício do mercado.

15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo